mulheres violência

Nove mulheres mortas por violência doméstica desde o início do ano

Há 25 minutos

O número de mortes por violência

Desde o início do ano, nove mulheres foram mortas em contexto de violência doméstica em Portugal. Segundo noticia esta terça-feira o jornal Público, que cita dados do Observatório das Mulheres Assassinadas, “503 mulheres foram mortas em contexto de violência doméstica ou de género entre 2004 e o final de 2018”.

A última morte foi registada esta segunda-feira, depois de uma mulher de 60 anos ter sido assassinada no interior da sua residência, no Seixal, elevando o número de mulheres mortas em contexto de violência doméstica para nove só desde Janeiro de 2019.

No mesmo mês do ano passado, Janeiro de 2018, o observatório da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Respostas registava menos casos - cinco mulheres assassinadas por violência doméstica. Durante todo o ano de 2018, de acordo com o Observatório das Mulheres Assassinadas, foram contabilizadas 28 mulheres mortas às mãos dos companheiros ou ex-companheiros.

Ao Público, o director do Observatório Nacional de Violência e Género, Manuel Lisboa, explicou que estes crimes “tendem a acontecer nas alturas em que o contacto entre a vítima e o agressor é maior, nomeadamente aos fins-de-semana e nas férias”. No entanto, Elisabete Brasil, responsável do observatório, citada pelo mesmo diário que “a violência sobre mulheres ocorre independentemente dos meses”

Nota. Este texto foi colhido de “O Observador”