A violência obre os idosos aumentou 20% em 2018, de acordo com os dado recolhidos pela linha SOS Pessoa Idosa. Cerca de metade dos agressores são filhos das vitimas, sendo 46 homens com uma idade média de 50 anos. Os dados foram revelados, no Dia Mundial da Família. Em 2018, a linha registou 317 pedidos de ajuda e 280 processos. A Fundação Bissaya Barreto, que gere a linha, alerta que entre 2015 e 2018 o número e pedidos de ajuda duplicou e o de processos quadruplicou.

Espera em consultas e cirurgias, deve "envergonhar" o país

A Ordem dos Médicos classifica como" desastrosos" os dados que a pontam para um agravamento do incumprimento dos tempos de espera em consultas e cirurgias, indicando que a situação deve "envergonhar" o país. As cirurgias que ultrapassaram o tempo de espera clinicamente aceitável duplicaram, em termos homólogos, até maio.