A Igreja não é uma construção, segundo 
um determinado projeto, mas uma realidade viva.
                                                                                                           
                                                                                                               Guardini
 
Temos de olhar para Igreja, com olhos de fé, inspirados naquele velho princípio, na tua luz veremos a luz. Ela é um mistério de fé. Sem este olhar da fé, mesmo para aqueles que se dizem católicos, a Igreja passará a ser uma organização meramente humana, entre muitas.
Então, deixa de ter interesse. Mas é de facto um organismo vivo e pode existir, mesmo sem catedrais ou outros templos, como aconteceu durante três séculos e ainda hoje continua a existir nalgumas regiões. Quem lhe dá vida, quem a  fecunda é o Espirito Santo que permanece sempre connosco a guiar-nos para verdade total.
A Igreja tem também um coração vivo. O sinal e a realidade desse coração é Eucaristia, que contém o próprio Cristo. Quando arrefece a fé na Eucaristia ou a banalizamos como se fosse uma mera cerimónia, arrefece a nossa fé na Igreja e então seguem-se os abandonos clamorosos de muitos que acreditavam.